Busca rápidaX

MANCHETES

Solução barata para o governo, diz vice-presidente da Federasul sobre aumento de impostos

27 de julho de 2017

Uma solução barata para o governo, mas cara para o consumidor. Assim o vice-presidente da Federasul, Milton Machado, definiu o aumento de impostos praticado pela União. Em entrevista nesta manhã na RPI, o representante da federação de entidades empresariais do Rio Grande do Sul frisou que o recente aumento do PIS e Cofins dos combustíveis é um exemplo clássico de que produz efeito cascata em vários setores da economia.

Milton Machado destaca que o acréscimo de cerca de 40 centavos no litro da gasolina e mais de 20 centavos no litro do óleo diesel resulta em aumento nos preços dos transportes de cargas e coletivo. Isso vai repercutir, também, nos supermercados. Na mesma entrevista, o vice-presidente da Federasul observou que as entidades empresariais precisam marcar a repulsa em relação ao aumento de impostos.

 
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!