Busca rápidaX

MANCHETES

Sucuri com mais de quatro metros ataca trabalhador rural em São Borja

14 de janeiro de 2020
Sucuri foi morta após o ataque. Foto: Folha de São Borja

Um trabalhador rural foi atacado por uma cobra Sucuri de 4,2 metros nesta segunda-feira (13), na localidade de Banhado Grande, em São Borja. Segundo informações do jornal Folha de São Borja, o fato ocorreu em uma granja, quando o trabalhador passava por um monte de casca de arroz.

Ele foi socorrido por colegas de trabalho e ficou com alguns ferimentos nas pernas e nos braços. Conforme testemunhas, a vítima não chegou a ser encaminhada a atendimento médico, mas foi levado para casa em estado de choque. 

Este é o primeiro registro de um ataque de cobra desta espécie, que não é venenosa, no município. Ela foi morta pelos colegas. 

Este é, provavelmente, o primeiro relato da aparição desta espécie na região.

Saiba mais sobre a Sucuri:

Existem quatro espécies de sucuri, todas pertencentes à Família Boidae e gênero Eunectes. Essas espécies não possuem veneno e matam suas presas por constrição, ou seja, enrolam-se na vítima e exercem uma grande pressão que provoca asfixia. As sucuris vivem grande parte do tempo na água de rios e lagos (hábito semiaquático) e alimentam-se dos mais variados tipos de animais, tais como peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

Essas serpentes são mais ágeis quando estão na água, sendo assim, quando fogem de algum perigo, procuram imediatamente voltar para esse local. Estima-se que uma sucuri fique em média dez minutos submersa sem precisar de ir até a superfície.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí com informações Folha de São Borja
error: Conteúdo protegido!