Busca rápidaX

MANCHETES

Tratamento brasileiro inédito livra paciente do vírus HIV

6 de julho de 2020

Já faz 17 meses que pesquisadores não encontram mais sinais do vírus HIV no corpo de um homem, que há pelo menos sete anos convivia com a doença. Isso porque ele participou de um tratamento inédito, desenvolvido a partir de uma pesquisa brasileira feita na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Este é o primeiro tratamento de sucesso contra o HIV que não envolve transplante de medula.

Os detalhes desse trabalho serão apresentados na amanhã (7) na Conferência Internacional de Aids, que começa hoje, virtualmente. 

A fórmula desenvolvida no Brasil para reduzir a replicação do HIV, segundo informações da rede CNN, utiliza combinações de diferentes remédios e uma vacina produzida a partir do DNA do próprio paciente. Segundo o chefe do Serviço de Infectologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Eduardo Sprinz, os resultados deste trabalho devem marcar uma nova etapa na luta mundial contra a doença.

Até hoje, apenas outras duas pessoas se livraram do vírus da aids no mundo, através de transplante de medula em que uma espécie de “defeito genético” associado ao procedimento bloqueou a reprodução do HIV.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí com informações CNN