Busca rápidaX

MANCHETES

Três agências bancárias são explodidas no RS em menos de uma hora

3 de junho de 2017
Três agências bancárias foram explodidas no Rio Grande do Sul na madrugada deste sábado (2) em um intervalo de 45 minutos. Os crimes ocorreram em Boa Vista do Buricá, no Noroeste, e em Campestre da Serra.

O primeiro ataque foi por volta das 2h15, em Boa Vista do Buricá. Foram duas agências explodidas: do Sicredi e Banco do Brasil. De acordo com a Brigada Militar de Três de Maio, os criminosos estavam com armamento pesado e efetuaram disparos. Durante os ataques, eles obrigaram vítimas que estavam passando em um carro a servirem como escudo humano. A polícia ainda não sabe quantas pessoas foram feitas de reféns.

Os criminosos foram vistos saindo da agência do Sicredi carregando malotes de dinheiro do cofre do banco. A agência mais destruída, no entanto, foi a do Banco do Brasil. Neste caso, ainda não há informações se eles levaram o dinheiro.

Na fuga, os criminosos fugiram em quatro veículos, sendo um deles uma Spacefox branca, e levaram três pessoas como reféns. As vítimas foram libertadas sem ferimentos em Nova Candelária, cidade vizinha. A Brigada Militar está mobilizada na região realizando buscas.

Aproximadamente 45 minutos depois desses ataques, a agência do Banco do Brasil de Campestre da Serra também foi explodida. Segundo informações da Brigada Militar de Vacaria, houve confronto com uma guarnição, mas não há informações sobre feridos. A polícia ainda não sabe se os assaltantes levaram o dinheiro. A polícia montou cerco na região. Nesse caso, não houve reféns e nem se tem informações de quantos bandidos participaram do crime.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!