Busca rápidaX

MANCHETES

Três mulheres são presas por venda de doces com maconha pela internet

29 de setembro de 2018

A Polícia Civil de Santa Maria fez um flagrante um tanto inusitado na manhã desta sexta-feira: um casal de meninas, de 19 e 23 anos, e a mãe de uma delas, de 56 anos, foram detidas pela produção de doces (bolos, brownies, brigadeiro) com uso de maconha na cozinha em uma residência no Centro de Santa Maria.

Conforme o delegado Marcelo Arigony, titular da 2ª Delegacia de Polícia (2ªDP) e que efetuou a detenção, as três produziam os doces em casa e vendiam por meio de um perfil fechado no Instagram, com 505 seguidores.Na casa onde funcionava a produção, foram apreendidos celulares, uma grande quantidade de maconha, os doces e outras drogas em menor quantidade.

Conforme a investigação, o caso chegou à polícia por meio da mãe de um cliente da Green’s Food, como era registrada a página de venda dos produtos no Instagram, Facebook e grupos de WhatsApp. Em troca de mensagens, os clientes dariam um retorno sobre a qualidade do produto vendido. A polícia ainda vai analisar o material apreendido e as mensagens trocadas entre as mulheres e os clientes, mas já se sabe que o preço cobrado pelos produtos era em dólar e de alto valor:

  • A empresa era organizada e tinha um menu com preço em dólar. Ainda estamos avaliando, mas verificamos entre as apreensões que a maconha usada era de um grau de pureza maior do que a normalmente encontrada – afirmou o delegado.

DEPOIMENTOS
As três mulheres foram levadas para a Delegacia de Pronto-Atendimento da Polícia Civil (DPPA), onde, até a tarde desta sexta-feira, aguardavam para prestar depoimento. De acordo com o delegado plantonista da DPPA, Marcos Rogério Ribeiro, já foram ouvidos os depoimentos dos policiais que participaram das diligências. Elas deverão responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A advogada das mulheres, Camila Rosa de Moraes, não quis se manifestar antes de ter acesso ao processo. À polícia, a advogada informou que as mulheres permaneceriam em silêncio durante o interrogatório policial. Informalmente, uma delas confessou o caso à equipe que efetuou o flagrante. Ao final do depoimento, elas serão encaminhadas ao Presídio Regional de Santa Maria, onde aguardarão a audiência de custódia.

Compartilhar
  • 41
  •  
  •  
  •  
  •  
    41
    Shares
Fonte: Diário de Santa Maria

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Peugeot Champs Elysées



Peugeot Champs Elysées

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!