Busca rápidaX

Tribunal determina que ex-presidente Temer seja preso novamente

8 de maio de 2019

A 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região decidiu, nesta quarta-feira (8), por dois votos a um, que o ex-presidente Michel Temer e o coronel João Baptista Lima Filho voltem à prisão. A decisão de revogar o habeas corpus foi julgada por três desembargadores. O habeas corpus do ex-governador do Rio de Janeiro Wellington Moreira Franco foi mantido. 

A Primeira Turma Especializada, formada pelos desembargadores Abel Gomes, Paulo Espírito Santo e Ivan Athié, julgou o mérito do habeas corpus nesta tarde.
— Michel Temer nunca se negou a prestar contas sobre o que quer que fosse à Justiça. Nunca age em nenhum momento no sentido de impedir qualquer ato relativo à investigação. Tudo o que podemos esperar é que ele tenha uma abordagem policial diferente daquela que aconteceu— afirmou Eduardo Carnelós, advogado de Temer, em entrevista ao canal GloboNews. 

Ele também afirmou que o ex-presidente deverá se apresentar à Polícia Federal nesta quinta-feira (9).

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Folhapress.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!