Busca rápidaX

MANCHETES

Tupanciretã alerta para multa de mais de 4,5 mil para quem descumprir regras da Covid

22 de fevereiro de 2021

O governo gaúcho vai divulgar no fim da tarde de hoje as bandeiras definitivas para esta semana referente ao sistema de distanciamento controlado sobre a Covid. Sexta-feira passada, na informação da classificação prévia, o Estado indicou 11 regiões em bandeira preta, o que significa risco altíssimo para a pandemia. As outras 10 regiões estão pré classificadas em bandeira vermelha, de alto risco. Até o início da manhã de ontem foi possível interpor recursos para tentar bandeiras mais brandas.

A região de Palmeira das Missões, por exemplo, tem pré indicação de classificação preta para esta semana. Já as regiões de Ijuí e Santa Rosa, que estão em bandeira laranja, de risco médio, foram pré enquadradas em classificação vermelha. E as regiões de Cruz Alta e Santo Ângelo estão indicadas para seguir em bandeira vermelha. Conforme o governo do Rio Grande do Sul, o grande número de regiões pré classificadas em bandeira preta demonstra piora dos indicadores de internações e propagação de Coronavírus, com altíssimo risco para esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de disseminação do vírus.

No entanto, independente das bandeiras para esta semana, desde sábado, pelo menos até o próximo dia 2 de março, estão proibidas todas as atividades não essenciais entre 22 horas e 5 horas da madrugada seguinte em todo o Estado. Além da proibição de abertura de qualquer estabelecimento para atendimento ao público, também ficam vedadas festas, reuniões ou eventos. O decreto não se aplica a farmácias, hospitais e clínicas médicas, serviços funerários, assistência social e atendimento à população vulnerável, hotéis e similares, postos de combustíveis e estabelecimentos dedicados à alimentação e hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros. A suspensão geral também não atinge atividades industriais noturnas.

Em Ijuí, a prefeitura deve recepcionar o novo decreto estadual que restringe atividades em parte da noite. O prefeito, Andrei Cossetin, disse que o sistema de cogestão vai ser repensado e poderá não ser posto em prática neste momento. Dessa maneira, a Colmeia do Trabalho poderá aderir totalmente às regras da bandeira vermelha, caso seja confirmada essa classificação para esta semana à região de Ijuí. No município de Tupanciretã, a multa para quem descumprir as medidas impostas pelo Estado, dependendo do horário e se for reincidente, pode superar 4 mil e 500 reais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!