Busca rápidaX

Unijuí prevê descontos nas mensalidades de julho e não tem previsão de retorno das aulas presenciais

12 de maio de 2020

A Unijuí fez uma transmissão ao vivo no fim da tarde de hoje (12) para esclarecer situações relacionadas ao retorno das aulas presenciais e possíveis descontos nas mensalidades.

Dieter Siedenberg, vice-reitor de Administração e Fabiana Fachinetto, vice de Graduação, esclareceram dúvidas de alunos e imprensa relacionados ao tema. Sobre o retorno às aulas presenciais após o dia 16 de maio, Fabiana afirmou que é incerto. Isso porque a universidade obedece as determinações do governo do estado. Neste momento, permanecem as aulas online e mudanças serão divulgadas pelos canais de comunicação e redes sociais da Unijuí, assim que o governo manifestar às orientações em relação à educação.

O vice-reitor Dieter afirmou que há economia de recursos por parte da universidade em relação a energia, água, produtos de limpeza e manutenção do Campus. No entanto, esses valores representam em torno de 1,83% do total das mensalidades. Além disso, quando foi encaminhada petição, por parte dos alunos, solicitando a redução, já tinham sido emitidos boletos e cancelar os documentos e emitir novamente geraria um custo que se igualaria ao desconto.

O professor afirmou que estão sendo contabilizados os recursos economizados pela universidade para, no máximo, no mês de julho ser repassado um desconto significativo para os alunos. No entanto ele reitera que não foram significativas as economias do educandário, visto que alunos cancelaram contratos, não cumpriram com pagamentos e em contrapartida os professores foram mantidos. Dieter afirma que será feito o cálculo dos gastos que foram reduzidos em abril, maio e junho para o desconto cumulativo em julho e, se possível, em agosto também.

Em relação à recuperação das aulas práticas e estágios a projeção da Unijuí é recuperar no mês de julho, que seria dedicado às férias. Para alunos que são do grupo de risco ou que convivem com pessoas nesta situação, e não se sentirem seguros em retornar às aulas presenciais, a universidade vai organizar turmas separadas e em momentos diferentes para que todos tenham os conhecimentos atendidos.

Para casos específicos de alunos ou pais de estudantes que tiveram perda de emprego, redução de renda ou qualquer situação que prejudicou seus rendimentos, a Unijuí está fazendo negociações, com flexibilização de pagamento.

Foi explicado ainda que as aulas online não se assemelham à modalidade EaD, que utiliza de materiais auto explicativos e não tem professores à disposição na mesma medida que as aulas presenciais. Conforme os professores as aulas estão apenas sendo ministradas de forma online, mas ocorrem no mesmo ritmo, com as mesmas atividades das aulas presenciais. Por isso, os custos das duas modalidades são diferentes.

A Unijuí divulgou na live que vai organizar uma semana acadêmica virtual. Este evento deverá contemplar debates e será divulgada nos próximos dias.

Atualmente, mil e 200 disciplinas estão em andamento. Mais de mil acontecem online, de forma regular e serão encerradas no fim do mês de junho. Portanto, o percentual a ser recuperado é de 18%, não alcançando 200 disciplinas, que deve ser atendido até o fim de julho. Por isso, a expectativa da universidade é iniciar o segundo semestre no dia 3 de agosto, na forma como está prevista no calendário acadêmico.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!