Busca rápidaX

Unijuí recebe equipamento que vai ampliar o número diário de testes para o coronavírus

31 de agosto de 2020

A testagem é uma das medidas prioritárias no combate ao coronavírus, como recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS). Dessa forma, as lideranças e autoridades têm buscado alternativas para ampliar e agilizar as testagens na região. Nesta segunda-feira, 31 de agosto, a Fidene/Unijuí recebeu mais um equipamento do Consórcio Intermunicipal do Noroeste do Estado (Cisa) para que o Laboratório de Análises Clínicas (Unilab) possa realizar essas importantes testagens. 

Desta vez, trata-se de um equipamento automatizado para Biologia Molecular, destinado à extração e purificação do DNA/RNA, bem como insumos que totalizam o valor total de R$180.000 (cento e oitenta mil reais). O equipamento irá ampliar os testes do novo coronavírus que já vêm sendo realizados pelo Unilab. Com a nova máquina, o Laboratório poderá aumentar sua capacidade para até 100 testes diários. Esta ampliação do número de testes contribuirá para que o diagnóstico da doença seja mais rápido e, consequentemente, auxiliará nas ações em saúde dos municípios que integram o Consórcio. “Estamos realizando esta parceria que auxilia os 41 municípios do Consórcio. Com este equipamento vamos conseguir atender a demanda de todos os municípios com mais agilidade, o que vai refletir diretamente no combate a pandemia”, salienta o presidente do Cisa e prefeito de Vista Gaúcha, Celso José Dal Cero. 

A entrega ocorreu na Biblioteca Mario Osorio Marques, no campus Ijuí, com a presença de autoridades locais e regionais, bem como representantes do Sicredi das Culturas, que subsidiou parte da compra deste equipamento. Realizaram a assinatura de comodato do equipamento, o presidente e o vice-presidente do Cisa, Celso José Dal Cero e Eduardo Buzatti, além de Antenor Vione, presidente do Sicredi da Culturas. Pela Unijuí, assinaram o professor Dieter Siedenberg, diretor executivo da Fidene e Vice-Reitor de Administração da Unijuí, e o professor Matias Frizzo, chefe do Departamento de Ciências da Vida. “Isso mostra, com muita clareza, o importante envolvimento de todos os atores da região no objetivo comum de viabilizar uma qualidade de vida para a população. A Instituição assumiu o compromisso de disponibilizar a sua estrutura de laboratórios e pessoal, no sentido de qualificar o atendimento à comunidade e auxiliar no combate ao coronavírus, além de oportunizar momentos de aprendizado aos nossos estudantes, futuros profissionais que vão atuar diretamente na região”, afirma o professor Dieter Siedenberg.

Entidade envolvida no processo, o Sicredi das Culturas realizou aporte financeiro para auxiliar a aquisição do equipamento e material necessário para o funcionamento. “Logo no início desta pandemia nos reunimos no Conselho e destinamos recursos para hospitais da região. E, com a necessidade do Consórcio de ampliar esta oferta de testes importante para a região, auxiliamos nesta aquisição”, observa Antenor Vione, presidente da Instituição. 

Testes começaram em julho

No mês de junho, por meio desta mesma parceria com o Cisa, a Fidene/Unijuí recebeu o equipamento QPCR, importado dos Estados Unidos. Em contrapartida, ficou responsável por organizar o espaço físico e a equipe técnica para liberação dos laudos. Um setor de biologia molecular foi implantado na Universidade, dentro do Laboratório Escola de Análises Clínicas (Unilab), onde agora são realizados testes pelo método RT-qPCR. O investimento realizado em junho, por parte dos municípios que compõem o Consórcio, foi de aproximadamente duzentos e vinte mil reais. E desde a primeira quinzena de julho, o laboratório realiza cerca de 30 análises por dia com 10 técnicos capacitados para a operação. Esta operação ganhará um aumento significativo com este novo equipamento, que deverá passar a funcionar efetivamente nos próximos dias, após testes e adequações dos profissionais envolvidos no trabalho. “Este equipamento consegue reduzir o tempo de trabalho e vai permitir atender o Consórcio com mais eficiência e agilidade nos resultados”, observa o chefe do Departamento de Ciências da Vida, Matias Frizzo.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Unijuí
error: Conteúdo protegido!