Busca rápidaX

Unijuí vai começar cadastro de famílias residentes à beira-trilho

27 de julho de 2021

A Unijuí desenvolve há dois anos o Projeto de Extensão de Regularização Fundiária Urbana (Reurb), que tem como propósitos estabelecer a integração entre a Universidade e a comunidade externa, fomentando a criação de espaços de informação e de resolução de conflitos fundiários urbanos existentes, e conter a ocupação desordenada dos espaços urbanos. Também, busca promover a reflexão e a socialização de informações sobre temas relacionados ao direito social à moradia digna e ao meio ambiente sadio e equilibrado, visando a emancipação dos sujeitos sociais. 

A universidade trabalha também, através do Escritório Modelo, na defesa das famílias acionadas judicialmente pela empresa que administra a linha ferroviária, a Rumo, já que algumas residências estão localizadas na faixa de domínio da união, populares “beira-trilho”. Em entrevista à Rádio Progresso, a professora Patrícia Moura, do curso de Direito, explicou que o escritório atua para auxiliar as famílias. “Atuamos em vários processos que buscam a retomada destes imóveis”. 

Recentemente, a universidade firmou uma parceria com o poder executivo para auxiliar no levantamento do número de residências à beira-trilho. O trabalho de cadastramento deve começar pelo Bairro Alvorada, já nos próximos dias. “Vamos começar o mapeamento pelo bairro Alvorada. O objetivo é saber quantas residências estão localizadas à beira-trilho, em Ijuí, assim a administração pode ir se preparando para auxiliar estas famílias caso haja a determinação pela desocupação”, pontuou. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!