Busca rápidaX

Unijuí vai realizar novas rodadas de testes do estudo que mapeia o avanço da Covid-19 no Estado

10 de junho de 2020
Foto: Unijuí

O Governo Estadual e a Universidade Federal de Pelotas vão dar prosseguimento ao estudo que mapeia o avanço da covid-19 no Rio Grande do Sul. Após a conclusão das quatro primeiras etapas, que testou 18 mil pessoas, sendo 2 mil em Ijuí, mais quatro etapas de testes rápidos e questionários serão realizadas nos municípios que participam da pesquisa. E a Unijuí vai aplicar novamente estes testes rápidos em Ijuí, sendo que a primeira rodada desta nova fase será realizada de 26 a 28 deste mês de junho.

Para a aplicação destes testes e de um questionário complementar, a Universidade está com processo de seleção para os pesquisadores voluntários, que serão treinados e testados antes de irem a campo. Inscrição neste link.

Confira o calendário completo da pesquisa:

Fase 5: 26-28 de junho
Fase 6: 24-26 de julho
Fase 7: 22-23 de agosto
Fase 8: 25-27 de setembro

Caso a prevalência passe de 1%, o espaçamento entre uma rodada e outra diminui para 3 semanas. E Caso a prevalência passe de 5%, este espaçamento diminui para 2 semanas.

Mais sobre a pesquisa

O Epicovid19 é coordenado pelo governo do Rio Grande do Sul e pela UFPel, mobilizando uma rede de 12 universidades federais e privadas: Imed Passo Fundo, Universidade de Caxias do Sul (UCS), Universidade de Passo Fundo (UPF), Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS/Passo Fundo), Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal do Pampa (Unipampa/Uruguaiana), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade La Salle (Unilasalle-Canoas) e Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).

O estudo tem um custo estimado em R$ 1,5 milhão e apoio da Unimed Porto Alegre, do Instituto Cultural Floresta, também da capital gaúcha, e do Instituto Serrapilheira, do Rio de Janeiro.

A evolução do estudo pode ser conferida, na íntegra, no site do Governo Estadual, que detalhou cada uma das quatro primeiras fases. Acesse neste link.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Unijuí
error: Conteúdo protegido!