Busca rápidaX

Uso racional da água e preservação de mananciais: Secretário Daniel Claudy aponta alternativas para amenizar futuros problemas com a seca

19 de janeiro de 2022

A estiagem que atinge todo o Rio Grande do Sul já fez com que 300 municípios decretassem situação de emergência. Em Ijuí, são contabilizados mais de R$200 milhões em perdas. As regiões leste e oeste são as mais afetadas, já que norte e sul registraram maior incidência de chuvas, segundo o Secretário de Desenvolvimento Rural, Daniel Claudy.

O secretário concedeu entrevista à Rádio Progresso, quando pontuou algumas alternativas que devem ser adotadas para evitar que, futuramente, o município padeça novamente com estiagens. “Precisamos estar preparados para ocorrências futuras, através de algumas iniciativas, como racionalidade no uso da água e preservação de mananciais. Felizmente a nossa região tem muitos mananciais, que devemos cuidar”, pontuou. 

Como medida emergencial e buscando atender as famílias já atingidas pela seca, a SMDR, em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Social, está mapeando as regiões mais afetadas e distribuindo cestas básicas. Para o Secretário, é fundamental ajudar o produtor, especialmente o pequeno, que geralmente depende da produção para o sustento familiar. “Ajudamos da melhor forma, especialmente o pequeno produtor, que deve sempre receber uma atenção especial”, disse. 

Além disso, grupos de trabalho avaliam a situação da estiagem no município e buscam alternativas. Inclusive, um documento assinado por diversas entidades foi entregue à Ministra da Agropecuária, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que visitou a região na semana passada. 

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!