Busca rápidaX

Vereadores cassam mandato de prefeito de Não Me Toque

11 de agosto de 2018

O prefeito de Não Me Toque Armando Carlos Roos, do PP, foi cassado ontem à noite (10), em sessão da Câmara de Vereadores daquele município. Ele estava afastado das funções a frente do poder executivo desde julho.

Roos responde processo por assédio sexual, importunação ofensiva contra uma terceira vítima, abuso de autoridade e perturbação do sossego. Dois terços dos vereadores votaram pela cassação do político.

O agora ex-prefeito afirmou não ter sido ouvido pela Câmara durante o processo. Além de negar as acusações ele acredita que a ação tenha sido tramada por partidos de oposição. Roos afirmou ainda não ter decidido se vai recorrer ou não. Roos foi cassado em função de denúncia ocorrida no ano passado, na qual uma servidora foi rebaixada de cargo por não aceitar manter relações sexuais com ele.

A mulher afirmou durante o processo ter sido ameaçada. Depois disso, um segundo caso surgiu. Nele, uma funcionária o denunciou por motivos semelhantes. Este caso ficou conhecido em âmbito nacional, uma vez que a ação, ocorrida no gabinete do chefe do executivo, foi filmada com um aparelho telefônico.

Compartilhar
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
    7
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/Foto: Reprodução

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Peugeot Champs Elysées



Peugeot Champs Elysées

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!