Busca rápidaX

Volta às aulas presenciais ainda em agosto é ‘proposta absurda’, diz presidente da Amuplam

12 de agosto de 2020

Os 11 prefeitos da região da Amuplam se reúnem amanhã, às 15h30, para debater dois temas relevantes às comunidades locais. O primeiro tema é a proposta de volta às aulas, elaborada pelo governo do Estado e apresentada no início desta semana. Pelo calendário preliminar, as redes públicas estaduais e municipais, bem como a rede privada, poderia retomar as aulas presenciais gradativamente já a partir do dia 31 de agosto. O retorno escalonado começaria pela educação infantil. Para ir em frente, a proposição precisa ser apoiada pelos gestores municipais. Em conversa com a reportagem da RPI, o presidente da Associação de Municípios do Planalto Médio, Eduardo Buzatti, afirmou que a proposta é absurda. “É uma temeridade muito grande, um absurdo. Não vou me responsabilizar pela saúde e pela vida daqueles que concordarem com esse retorno, justamente no momento em que o Coronavírus avança rapidamente na nossa região. Ouso dizer que essa proposição é uma tentativa do governo do Estado de transferir a responsabilidade aos municípios”, disse o gestor. Segundo ele, também não faz sentido começar o retorno escalonado pela educação infantil, onde há maior dificuldade de evitar o contato entre os alunos.

Outro ponto de pauta da reunião da Amuplam nesta quinta é o sistema de distanciamento compartilhado, proposto pelo governo estadual. Para contestar a classificação de bandeiras, as associações regionais terão que criar comitês científicos, e semanalmente analisar uma série de dados para, só depois, adotar regras diferentes das impostas pelo Estado. Na avaliação do presidente da Amuplam, a região, composta majoritariamente por pequenos municípios, não possui condições de criar o comitê. Com isso, o encaminhamento deverá ser o de manter o alinhamento com a classificação de bandeiras imposta pelo governo estadual, da mesma forma que ocorre atualmente.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.
error: Conteúdo protegido!